terça-feira, 7 de junho de 2011

Maridos: Peça chave no seu emagrecimento!

Ou em outros casos, namorados, pais, mães, ou seja: quem morar na mesma casa que você e for obrigado a conviver com você e infelizmente com essa sua gordura toda! Primeiro ponto, porque o papel deles é tão fundamental assim no processo? Gente, convenhamos, coisa mais difícil do mundo é lidar com Emagrecentes! (leia-se eu, ou você que também tá querendo emagrecer!) Emagrecentes, são uma espécie mil vezes mais chiliquenta, manhosa, teimosa e chata do que os adolescentes! Então, palmas pra eles que convivem conosco sem querer nos enforcar a todo instante! Porque claro, passando fome, fazendo dieta, mudando hábitos, educando cérebro e pança, retirando alimentos gostosos e viciantes e pondo os sem graça e saudáveis, é sim de enlouquecer e estressar qualquer ser, portanto vamos admitir, nós ficamos bravas, chatas e rabugentas. Bom, eu fico! Rsrs. Seria compreensível se o parceiro logo perdesse a paciência com você e seu estômago que ronca ao ponto de te deixar chatona e ter vontade de meter logo a frigideira na sua cabeça dizendo “Cala a boca mulher!” Mas ok, no meu caso (espero que no de vocês também!) o meu parceiro querido faz jus ao adjetivo PARCEIRO em todas, mas estamos falando desta causa! E isso, acredite faz toooda uma diferença! E vem me ajudando muito! Como acontece por aí Talyta? Acontece assim, quando comecei a engordar, aquela coisa de pouquinho em pouquinho, que eu mesma não fui vendo (e realmente a gente não vê, mas se liguem o resto do mundo todo vê! Triste não?!) ele, carinhosamente e cuidadosamente SEMPRE foi me alertando, “Amor, cê ta ficando gordinha, amor toma cuidado aqui e ali, evita isso e aquilo.” E eu bruta e grosseiramente dizia “Se liga amor, eu sou muito gostosa, tá achando ruim é cabeção?” ele ainda tinha paciência com a minha insana ignorância e respondia calmamente “Amor, tô falando sério, não fica brava tô te alertando, já mudou aqui e ali, aqui nessa parte ta diferente.” etc. (cês sabem que marido é tipo o descobridor, e mulher é tipo o mapa né?! O meu é capaz de saber quantas pintinhas exatas em tamanhos, cores e formas eu tenho em cada parte do corpo! Haha) então, acreditem (pq eu não acreditei e me ferrei!) Se ele disser que tem algo diferente é pq tem nêga! Ok, o tempo passou e num belo dia eu percebi que minhas nádegas já não se encaixam deixando sobrar tanta tampa de vazo como era de costume! (Esse é um marco triste na vida de uma mulher que engorda!) Você de repente vê que ocupar uma tampa de vaso sanitário é tipo, me deixa tentar explicar, é tipo se sentir o que você deixou lá dentro dele! Cara, não sobrava mais vaso, pelo contrário, eu poderia sugerir aos fabricantes que fizessem uma tampa maior! Deus do céu, cadê a piedade Senhor?! (Deus deve tá querendo me da um cascudo agora!) Pois bem, me ví gorda! Me ví gorda e daí pronto, descobrir que tava gorda e agora?! Agora? (esse agora é a voz do marido!) “Agora, que eu te avisei bonitona! Mas você não me ouviu, preferiu ir na onda da Carolina Dieckman né, que disse na Caras que amamentar secava a mulher, tomaaa, vai na onda da sua amiga Carol, vaii!” Homem irônico é uma merda né! Ironia deveria ser de uso exclusivo feminino! Tão gostoso ser irônico que eles não deveriam poder sentir esse gosto! Rs...Pois ele sentiu, e isso me ajudou? E como! Você vê o seu marido, o cara que você ama caramba, que é pra quem você se arruma e quer ficar cada vez mais bonita (além de ser para você mesma, sempre hein meninas, em primeiro lugar!) te zuando lá bancando o espertão dizendo que te avisou que você tava ficando uma balãozinho! Isso no mínimo me deu um gás, mas, como boa sem vergonha que sou logo passou, e continuei estagnada na vida da gordura infinita! De repente meu dia de resolver (de verdade) emagrecer chegou (isso eu vou contar em outro post, como esse dia finalmente chegou, como isso se deu em minha vida!) E aí, novamente a postura dele foi importante, é importante, a cada dia, a cada momento, a cada refeição e palavra de apoio ou zuação! Nesse tempo todo que eu nunca liguei de verdade pro meu emagrecimento, ele nunca deixou de me falar o quanto seria melhor se eu emagrecesse, sempre expondo os motivos positivos, os motivos de saúde, os motivos dele, que ele ficaria muito contente, que eu ficaria, meus pais e todas as pessoas que aqui me amam e torcem muito aqui ao meu redor para isso acontecer! Mas, mesmo com a ajuda dele não adiantava porque EU lá no fundo ainda não tinha acordado de verdade! E agora que (tenhamos fé) eu resolvi acordar, a ajuda dele é primordial para o bom funcionamento da coisa! E como ele me ajuda? Fazendo flexão comigo em cima dele oras bolas! Hahahaha, claro que não né meninas! Ele fazer faz, mas porque diferente de mim ele é atleta mesmo! E a foto foi tirada especialmente para ilustrar esse post, Malu quem bateu, e nos rendeu pros 3 muitas risadas e tentativas engraçadérrimas da foto ficar boa! 
Espero que tenha valido nosso esforço, tiramos pra vocês mesmo, e ele mandou dizer que espera que um dia eu fique rica com esse vício por internet! Hauhauaha. Mas voltando a ajuda dele, ele me ajuda me falando a cada dia que é notável o meu progresso, me ajuda me estimulando a não desistir da dieta, a não comer tal coisa que em certas e muitas horas me dá um ataque de fúria e vontade de comer, ele age como se fosse uma injeção calmante de doido, e me faz perceber que não vale a pena eu meter o pé na jaca! Me ajuda também quando concorda comigo que em certos (devem ser poucos!) momentos eu realmente preciso comer uma ou outra coisa proibida porque afinal eu não sou de ferro e é tudo muito difícil pra mim! Me incentiva a me exercitar, vai comigo ao parque, já me matriculou (e pagou a toa) academia pra mim todas as vezes que eu dizia “Agora é pra valer” não me vira as costas, mas também não me adula! Me mostra mulheres bonitas falando como era o meu corpo, e como vai ficar de novo! Poderia eu ficar brava com isso? Poderia se eu fosse uma idiota! Porque ele tem mesmo que me abrir os olhos, é o papel de um parceiro! Ele tem que apoiar, me incentivar, entrar comigo na onda da alimentação mais saudável em toda a casa, me mostrar uns choques de realidade e isso tudo que ele tem feito! Me diz que eu sou linda, e que emagrecer vai me deixar mais linda ainda, e o melhor de tudo, saudável! E tudo isso com certeza é uma das chaves principais da abertura desse processo! 
E é necessário a gente pedir esse apoio, às vezes a pessoa não se toca começa a comer um mundo de coisas na sua frente, coisas que ainda é difícil pra você largar! Conversa, explica, pede ajuda! Diz que você precisa do apoio de geral!!! Sozinho realmente é mais difícil! Poder contar com o empurrãozinho das pessoas que estão ao nosso redor é um bônus! Então se você também tem, ou conversando poderá ter, esse bônus, vamos aproveitaaar! E nos jogar através da realização desse objetivo que é meu, seu, dele, dela, e de milhares minha gente, milhares de pessoas por todo esse mundão de meu Deus! Agora deixa eu parar de falar, que os meus dedos já estão emagrecendo de tanto digitar! Se ao menos eu tivesse habilidade de digitar com a pança, seria uma honra prolongar esse post! Então gostaria de esclarecer uma coisa ao final desse post: Esse já é o final desse post. Atenciosamente, Emagrecente! 
Ahhh, mas agora falando como gente grande (pra cima, e não só pros lados!) Tudo que aqui é falado, é em mim mesma espelhado! 

Espero que tenham lido pelo menos, gostado já é demais! Já que o texto tá enorme! 
Beijos,

Talyta Medeiros








Talyta tem 24 anos, é fotógrafa, mãe da Malu de 4 anos e casada com Taunay, 25. Ela mora em Brasília e seu depoimento chegou através de amigas em comum do fotolog.

5 comentários:

  1. Oi Talyta!
    Primeiro quero agradecer vc e a Lílian (q foi a ponte entre nós).
    Este blog é meu meramente pq eu o criei... mas sou bem mais uma "gerente" do que uma dona propriamente dita!
    Pq a idéia é bem essa... dividir assuntos referentes à autoestima... ao amor próprio...e até, como o texto anterior, algo mais amplo como a autoestima patriótica!
    Mas enfim... estou feliz por vc ter nos enviado sua história e já adianto que este espaço continua aberto!
    Parabéns por ter ao lado um parceiro que realmente cuida e gosta de vc!
    Ah! E adorei a parte de vc se intitula "Emagrecente"... eu acho q venho adiando a minha dieta pra não passar por isso... mas a verdade é que já passou da hora de eu tomar vergonha na cara e seguir o seu exemplo, doa a quem dor!!!

    Valeu... Abraço

    ResponderExcluir
  2. bom, quando eu cheguei ao fotolog da Talyta e li este post dela, eu logo lembrei do blog. Pq esse clique que ela demonstrou ter tido, embora ela o considere tardio, nada mais foi do que a auto estima gritando lá em algum cantinho, pedindo pra ser resgatada. Auto estima com relação ao corpo e tals, pq como podem perceber, a Talyta é linda, super vaidosa e fera em makes né Taly? Mas eu acho mto bacana esse reconhecimento dela com relação ao papel que o marido dela exerceu no processo todo de mudanças nos hábitos dela. Sinal de que ele se preocupa com ela, com o bem estar dela e de que é honesto tb! Esse papo de marido que fica tapando o sol com a peneira pra não magoar a mulher é bobagem. Como eu mesma disse no meu texto, quem ama cuida. E se cuida. Por isso a Talyta tá super de parabéns, não só pelo texto mas tb pela atitude. Se isso te faz feliz, se joga! Nossa felicidade não tem preço! beijos queridas!

    Lilian

    ResponderExcluir
  3. Poxa meninas, adorei! Obrigada pela força!!!! Quando a Lilian me falou do blog eu vim conhecer e me encantei! Que idéia produtiva Juliana! mto bacana a proposta do blog! Poxa nessa minha luta contra os kg a mais, sei bem o que auto estima faz!!!! Obrigada pelo espacinho, pela chance de dividir minha história.. com força de vontade, AUTO ESTIMA boa, amigos, familiares, ajuda mesmo, nós vamos em frente, não é mesmo?! Eu é quem agradeço a vcs viu!!!!
    Beijosss

    ResponderExcluir
  4. Maria José S. R. Klein17 de agosto de 2011 23:12

    É realmente difícil fazer dieta, ou qualquer outra coisa, tendo que viver com outras pessoas.
    Digo viver, pois requer muitas coisas esta vivência, combinar idéias, horários, gostos, bah, muita coisa.
    Na verdade, é realmente muito complicado seguir alguns de nossos objetivos quando não estamos sós.

    ResponderExcluir
  5. Que pena que seu casamento faliu talyta seu boy preferiu a Morena magra a Gorda miss piggy

    ResponderExcluir

E você, o que pensa sobre isso?
Deixe seu comentário!